Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

CML candidata-se a apoio do Programa Operacional Regional do Centro

A Câmara Municipal de Leiria candidatou-se, em Julho, a um apoio de 6,7 milhões de euros do Programa Operacional Regional do Centro, apoio que se destina à regeneração urbana da cidade, revela a agência Lusa.

«Temos os instrumentos para, na próxima meia dúzia de anos, realizar acções de melhoria da cidade, sobretudo do centro histórico», afirmou Vítor Lourenço, vice-presidente da autarquia, destacando que o trabalho de requalificação de uma cidade é «permanente».

Polis

Vítor Lourenço revelou ainda que a requalificação da cidade de Leiria realizada no âmbito do Programa Polis é «uma aposta ganha» para o município, sendo que este apoio vem complentar as obras do Polis, as quais atingiram os 41 milhões de euros.

O Programa POLIS incidiu na requalificação do Rossio da cidade, na reabilitação da zona envolvente ao troço do rio Lis que atravessa Leiria e na criação de novos parques de estacionamento e de um Centro de Interpretação Ambiental. Por concluir ficou a recuperação do primeiro moinho de papel do país, obra do arquitecto Siza Vieira.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.