Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Roca vai dispensar trabalhadores em Leiria

A Roca Portugal vai dispensar trabalhadores na fábrica de Leiria na sequência da crise que abala o mercado imobiliário espanhol, principal destino das suas exportações, disse hoje à Lusa fonte da empresa. «O número ainda não é claro, fala-se em dezenas; mas de certeza que não chegará a uma centena», disse a mesma fonte.

Este ajuste às novas condições do mercado visa «garantir a competitividade da empresa, a Roca S.A, dentro do grupo Rocha, e assim o local de produção em Leiria a longo prazo», explicou a administração da empresa em comunicado.

O forte aumento da procura na Espanha nos últimos anos levou a um aumento da produção nas instalações de Leiria, que em meados de 2006 ampliou a semana habitual de cinco dias para uma de sete, acrescentou.

«Agora, devido às crises imobiliária e financeira que abalam a Espanha, a Roca SA. vê-se obrigada a voltar à capacidade habitual de 80%, praticada até então», explica a nota que sublinha que a administração está a analisar a situação para «manter o máximo de postos de trabalho possível».

A informação surge na sequência do anúncio pela casa mãe, a espanhola Roca, da supressão de 400 postos de trabalho num total de 2.500 em Espanha, por causa da crise do imobiliário que afecta a procura, segundo a imprensa.

Em declarações à agência noticiosa France Presse, uma porta-voz do grupo – um dos líderes mundiais da produção de santiários e azulejos – afirmou que o processo de supressão de 400 postos de trabalho está em negociação. «É por causa da crise que reduz a procura» dos sanitários, acrescentou.

A Espanha está a enfrentar uma crise económica devida em grande parte ao colapso do mercado imobiliário. Os inícios de novas construção são cada vez menos e o grupo está a sentir os efeitos desta quebra.

A Roca, um dos pesos pesados do sector, tem fábricas em vários países do mundo. Com uma capacidade anual de produção de 2,5 milhões de peças, e 800 trabalhadores em Leiria, a Roca S.A é uma das maiores unidades fabris do grupo espanhol Roca. Teve, em 2007, um volume de negócios de cerca de 87,7 milhões de euros.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.