Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Procura de veículos mais personalizados representa oportunidade para as empresas do sector

As empresas ligadas ao sector automóvel terão pela frente oportunidades relacionadas com o crescimento da procura de veículos cada vez mais personalizados. Esta é uma das conclusões do seminário «O Cenário Do Sector Automóvel Nos Próximos 20 Anos», promovido pela consultora Advank, a semana passada, na Open.

«Pela necessidade de criar maior diferenciação dos produtos comercializados pelas distribuidoras locais, pelo surgimento de novos player’s, principalmente motivados pela criação de veículos ligados a novos tipos de energia, pela necessidade de diferenciação das marcas europeias perante as marcas asiáticas e americanas baseada em novas tecnologias, novos materiais e novas formas de produção», explica em comunicado.

«Existe ainda espaço para algumas empresas que funcionem como integradoras e tirem partido da indústria já existente, criando subprodutos capazes de serem comercializados em sectores mais especializados e orientados para pequenas produções», adianta.

Quanto ao processo de inserção de novos produtos ou serviços no mercado, a Advank considera que os pontos principais de sucesso passam por ter «uma adequada visão do mercado a longo e médio prazo», pela «adequada interacção de todos os elementos internos e externos de cada produto», e «uma adequada leitura do mercado actual»

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.