Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Juros da dívida externa duplicaram em dois anos

A dívida externa portuguesa atingiu em Março os 198 mil milhões de euros, mais de duas vezes e meia o valor que se registava quando Portugal integrou o euro e acima do Produto Interno Bruto (PIB), revela a edição de hoje do Jornal de Negócios, que teve por base o Boletim estatístico do Banco de Portugal de Julho.

A taxa de juro que está a ser paga por esse financiamento é em média 4,2%, face aos 2,5% de 2005 e a uma décima do máximo atingido em 2001.

Em 2007 saíram do país pouco mais de oito mil milhões de euros para pagar os juros da dívida contraída, quase o dobro (94,3%) do registado em 2005.

Segundo o Jornal de Negócios, a dívida externa considerada corresponde aos empréstimos obtidos por entidades portuguesas, o que corresponde fundamentalmente a financiamentos contraídos pelo sistema financeiro quer junto das suas casas-mãe – como pode acontecer com o Santander Totta – como junto dos mercados interbancários.

LE com Jornal de Negócios

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.