Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Câmara de Leiria quer novo Polis para recuperar centro histórico

A presidente da Câmara de Leiria, Isabel Damasceno, defendeu ontem a atribuição ao concelho de apoios semelhantes ao Programa Polis destinados à recuperação urbana do centro histórico da cidade. Falando à Agência Lusa, à margem de um encontro sobre as consequências do Programa Polis para a cidade, Isabel Damasceno reconheceu que a malha urbana do centro histórico «precisa de uma intervenção de fundo», do ponto de vista do ordenamento urbano.

«Só posso fazer um balanço muito positivo do Polis», embora tenham existido «constrangimentos financeiros» que obrigaram à redefinição do projecto inicial. Inicialmente, o projecto contemplava a construção de um túnel no Rossio mas essa ideia foi abandonada, canalizando a verba que lhe estava destinado para outras obras, como a construção de novos espaços museológicos.

Agora, a autarquia pretende promover a «reabilitação do centro histórico» e da zona envolvente do castelo, tendo apresentado uma candidatura a fundos comunitários do Quadro de Referência Estratégico Nacional. «Precisamos de investir agora ali para completar esta nova estratégia de ordenamento», salientou a autarca.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.