Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Vivomar vence Lena Business 2008

André Guerra

O projecto Vivomar nasceu durante uma formação organizada pela ANJE, em parceria com o IPL, na qual se pretendia o desenvolvimento de uma ideia de negócio. O elemento comum mais forte entre os elementos do grupo era o mar. A exploração da sua componente lúdica serviu de mote ao projecto que venceu a edição do Lena Business 2008.

Sandra Brum, Miguel Brum, Raquel Marques, Luís Silva e Gonçalo Ramos, são alunos dos cursos de Gestão, Engenharia Informática e Biologia Marinha, da Escola Superior de Gestão de Leiria e Escola Superior de Tecnologias do Mar, e os mentores do Vivomar, um projecto que pretende proporcionar «uma maior proximidade do cliente com o mar».

A Vivomar vai desenvolver actividades indoor e outdoor dedicadas essencialmente a crianças, idosos e turistas. A intenção é dotar essas actividades «de uma forte componente pedagógica», que possa conciliar-se com «momentos de lazer e divertimento», adianta Sandra Brum. A empresa aponta como exemplo actividades como mini aquaculturas, visitas didácticas, observações da natureza e passeios.

Taxa de rentabilidade de 90%

O grupo procurou fundamentar os pressupostos apresentados no plano financeiro com base em informações retiradas do mercado onde se pretende inserir. Os resultados revelaram que o investimento inicial do projecto seria pago em dois anos de actividade, e traria consigo um taxa de rentabilidade na ordem dos 90%.

Segundo comunicado do grupo Lena, o projecto «enquadra-se numa interacção perfeita com as actividades estratégicas já desenvolvidas pelo Grupo Lena no turismo, com a rede de hotéis Eurosol e as Termas de Monte Real, e com o ambiente e energia, através da Eneólica, empresa que desenvolve um projecto-piloto de aproveitamento das energias das ondas em Peniche».

«O próximo objectivo é fazer uma reavaliação a todo o projecto, para que o possamos melhorar. Ainda temos um longo trabalho pela frente, trabalho esse que será desenvolvido com o Grupo Lena», explica Sandra Brum.

Jovens ficam com 15% do capital na nova empresa

As potenciais sinergias com empresas do Grupo Lena representam para o grupo uma mais valia. Em causa está a possibilidade de «integrar o universo do alargado leque de serviços e produtos que as empresas do grupo têm para oferecer aos seus clientes», explicam.

Os mentores do Vivomar vão agora estagiar numa empresa do Grupo Lena e ficarão proprietários de 15% do capital social da empresa resultante do seu projecto, «que será integrado no sector estratégico do ambiente e energia, permitindo potenciar sinergias existentes que resultam, quer do meio base em que se apoiam – o mar – quer da localização – Peniche – futura localização da nova empresa participada do Grupo Lena», adianta o comunicado do Grupo Lena.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.