Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sectores ligados ao mar podem empregar 24% da população

As novas actividades ligadas às energias renováveis e à biotecnologia têm potencial para, no futuro, duplicar o número de trabalhadores ligados ao mar, revelou hoje o responsável pela Estrutura de Missão para os Assuntos do Mar (EMAM), à agência Lusa.

Segundo Miguel Sequeira, o número de profissionais ligados ao mar poderá evoluir dos «12% para os 24% da população activa».

As novas actividades ligadas às energias renováveis, como a energia das ondas e eólica, bem como as profissões ligadas à biotecnologia marinha e ao turismo oceânico, assumem um papel fundamental para o futuro do mar e seu desenvolvimento, acrescenta o responsável pela EMAM.

«É importante que a sociedade civil reconheça o potencial do mar como factor de desenvolvimento e a nova aposta é dar a conhecer aos jovens as oportunidades que o mar apresenta, mas também o desafio de o manter saudável», adiantou Miguel Sequeira.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.