Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Renault-Nissan desenvolvem protótipos de pilha de combustível

A Renault e a Nissan estão a estudar o desenvolvimento de automóveis eléctricos de pilha de combustível, onde o único «resíduo» emitido é água, existindo já duas versões de protótipos que serão objecto de demonstração este Verão, revelam as marcas em comunicado conjunto.

O Nissan X-Trail FCV – um dos primeiros protótipos de automóveis de pilha de combustível – está já em teste há dois anos, nomeadamente, junto das autoridades japonesas.

Quanto ao novo protótipo Renault Scenic ZEV H2 – que tem por base um Grand Scenic – conta com pilha de combustível, reservatório de hidrogénio de alta pressão e bateria de ião-lítio, fornecidos pela Nissan. A arquitectura do Grand Scenic – da responsabilidade da Renault – foi desenvolvida de forma a receber os diferentes elementos, mantendo inalterada a habitabilidade do automóvel (5 lugares). A integração dos sistemas eléctricos e electrónicos da Renault e da Nissan é também da responsabilidade da Renault.

Numa primeira fase, esta aliança Renault/Nissan tem como objectivo a comercialização, de forma massiva, de automóveis eléctricos em Israel e na Dinamarca, em 2011. Entretanto, a Nissan anunciou que pretende vender automóveis eléctricos também nos Estados Unidos e no Japão, em finais de 2010.

A aliança das duas marcas tem como principal objectivo o desenvolvimento de automóveis «zero emissões».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.