Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Levantadas medidas restritivas nos terrenos da Ota

O conselho de ministros aprovou hoje uma proposta de lei que visa levantar as medidas restritivas decretadas para os terrenos da Ota, disse o ministro das Obras Públicas, citado pela Agência Lusa.

«O conselho de ministros aprovou uma proposta de lei que revoga a lei que impunha as medidas preventivas para a área da Ota«, afirmou Mário Lino, na conferência de imprensa que se seguiu à reunião de conselho de ministros, que confirmou a aprovação da localização do novo aeroporto na zona do Campo de Tiro de Alcochete.

«Com esta decisão [aprovação da localização do novo aeroporto no Campo de Tiro de Alcochete], deixa de fazer sentido manter as medidas preventivas de ocupação de solo na zona da Ota«, justificou o ministro das Obras Públicas.

Mário Lino adiantou que o conselho de ministros aprovou um decreto-lei que estabelece medidas preventivas que compreendem o Campo de Tiro de Alcochete e os concelhos de Salvaterra de Magos, Coruche, Benavente, Montijo, Alcochete, Montemor-o-Novo, Vendas Novas, Palmela, Setúbal, Moita e Vila Franca de Xira.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.