Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Aeroporto Regional de Fátima deverá custar 80 milhões de euros

O estudo técnico divulgado ontem revela que o futuro Aeroporto Regional de Fátima, destinado a aviões de média dimensão, deverá custar 80 milhões de euros, uma verba recuperável em cerca de 30 anos, noticia a Lusa.

Na apresentação do relatório preliminar, Rogério Pedro, director regional da Proplano, explicou que a pista é «técnica e financeiramente viável», estando o prazo de execução dependente do tipo de apoios estatais.

O projecto será candidato a fundos do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) mas, mesmo sem apoios, a recuperação do investimento deverá ser feita em 33 anos.

Estão duas hipóteses sobre a mesa, de um lado a ampliação da pista de 1500 metros, para 2400, e de outro a construção de uma nova pista, aproveitando metade da actual.

A futura pista seria capaz de acolher tráfego low-cost e voos charters, estimando-se um «horizonte de um milhão de passageiros».

Para Álvaro Órfão, coordenador do grupo de estudo técnico, existe «mercado» para esta infra-estrutura, faltando agora garantir «viabilidade política» para o projecto, mas também «parcerias financeiras» de privados.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.