Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Volume de negócios da Similis ascende aos 3,5 milhões de euros em 2007

O volume de negócios atingido pela Similis, em 2007, superou os 3,5 milhões de euros, «valor que corresponde essencialmente à recolha, tratamento e rejeição dos efluentes da sua área de abrangência», refere a empresa.

Em 2007, o volume de efluentes tratado pela empresa ascendeu a 7,3 milhões de metros cúbicos, isto é, cerca de 370 mil habitantes-equivalentes.

Quanto a investimentos, a construção das infra-estruturas do sistema implicou gastos na ordem dos 18,4 milhões de euros, adianta a Similis, responsável pela exploração e gestão do sistema de saneamento da região de Leiria nos últimos 30 anos.

O grupo de accionistas da empresa é composto pelo grupo Águas de Portugal e pelos municípios da Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém e Porto de Mós.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.