Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Portugueses receptivos à compra de equipamentos de produção de energia renovável

Cerca de 25% dos inquiridos na edição de 2008 do estudo «O Observador Cetelem» afirma poder vir a adquirir, nos próximos 12 meses, equipamento de produção de energia renovável. Para 22% dos entrevistados, o preço foi mencionado como factor decisivo, enquanto os principais motivos para a compra são as preocupações com o ambiente (40%), a redução na despesa mensal com a electricidade (37%) e o facto de poderem rentabilizar o investimento através da venda de energia excedentária (14%).

Para os inquiridos que não colocam a hipótese de adquirir equipamentos para a produção de energias renováveis, os principais obstáculos à aquisição são o facto de serem caros (35%), de não existirem condições financeiras para o fazer (32%) e da habitação não possuir as condições necessárias à instalação (20%).

Já cerca de 1% dos inquiridos afirma que irá comprar equipamento de produção de energia através de um crédito. Os principais motivos para a compra através de um crédito são a possibilidade de investir na compra de mais e melhor equipamento (57%) e o facto de possibilitar a aquisição, mesmo não possuindo a totalidade do investimento (43%).

Assistência técnica determina escolha da loja ou marca

Mais de metade dos inquiridos (51%) que planeiam adquirir equipamentos de produção de energias renováveis prevêem investir mais de mil euros na aquisição de equipamento de produção de energia renovável, sendo os painéis fotovoltaicos (71%) e os recuperadores de calor/lareiras (14%) os equipamentos mais referidos. Em média, os inquiridos pretendem investir cerca de 3.500 euros.

O aspecto que os inquiridos consideram ser mais importante na escolha de uma loja/marca é a garantia de assistência técnica. Este critério surge à frente da qualidade do equipamento e do preço, que costumam ser prioritários noutros sectores

Os números fazem parta da edição de 2008 do estudo «O Observador Cetelem», que analisa os mercados para melhor os compreender e poder antecipar as expectativas dos consumidores europeus e apresenta um caderno especial sobre as energias renováveis em Portugal.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.