Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Portugal desperdiça 17 mil milhões de euros por ano com o mar

Um estudo elaborado pela Sociedade de Avaliação de Empresas e Risco (SAER) revela que as actividades com ligação ao mar representam 11% do Produto Interno Bruto (PIB), ou seja cerca de 17 mil milhões de euros, quando poderiam representar o dobro, revela a edição de hoje do Diário Económico.

O estudo encomendado por vinte das maiores empresas portuguesas refere que a contribuição deste sector poderia «facilmente» ascender aos 22% do PIB, se o Estado «reorientar as suas políticas estratégicas para os próximos 25 anos».

O relatório aponta ainda as três áreas mais atractivas para as empresas: os transportes marítimos; o aproveitamento das potencialidades do mar para a energia, cosmética e investigação cientifica e o turismo náutico.

LE com Diário Económico

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.