Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Resultado líquido da Europac sobe 189% em 2007

A Europac – que detém a Portucel Embalagem em Leiria – registou em 2007 um resultado líquido atribuível de 31,97 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 189% face ao ano anterior. As vendas cifraram-se nos 384,66 milhões de euros, mais 12% face aos 343,25 milhões registados em 2006, revela a empresa em comunicado. Destes, 51% foram gerados pela divisão de papel, 40% correspondem à divisão de cartão, 8% à divisão de energia e o 1% restante é relativo a outros negócios.

Os resultados alcançados respondem aos aumentos da capacidade de produção de papel reciclado e kraftliner, assim como à subida de preços que ambos os produtos registaram em 2007. A capacidade de produção de papel de fibra secundária aumentou em 20 mil toneladas e o papel de fibra virgem outras 20 mil, enquanto os preços médios por tonelada subiram 19% e 7%, respectivamente, face ao ano anterior.

Por outro lado, a rubrica de custos com pessoal e outros custos diminuiu em 1,3% em relação a 2006, evidenciando as políticas de contenção de custos fixos do grupo. Relacionando o aumento de receitas com a contenção de custos, passaram a ter um peso sobre as ventas de 41,9% para 36,9%. Estes factores unidos geraram uma margem de EBITDA/vendas de 21,3%, frente aos 17,1% do exercício passado.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.