Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

INOV Jovem: NERLEI entre as entidades com maior taxa de empregabilidade efectiva

A NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria é das entidades promotoras de projectos no âmbito do programa INOV Jovem que apresenta uma das maiores taxas de empregabilidade: 88,3%, revela em comunicado. Apenas outras três entidades registaram taxas de empregabilidade efectivas acima dos 80%, face aos 74% da média nacional.

O sucesso da primeira experiência e o interesse manifestado por algumas empresas em participar em acções futuras levaram a NERLEI a decidir avançar com novas candidaturas ao programa, assim que os regulamentos estejam disponíveis.

O projecto desenvolvido pela NERLEI – Inov-Leiria – teve início em Março de 2006 e terminou em Novembro de 2007. Foram desenvolvidos quatro cursos: gestão comercial e marketing; economia digital; design; e gestão da produção e inovação.

Recorde-se que o INOV Jovem é um programa que apoia a inserção de jovens quadros qualificados em áreas potenciadoras de processos de mudança e desenvolvimento organizacional nas PME, dinamizando estratégias de inovação e reforço da competitividade nas empresas.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.