Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Câmara de Alcobaça quer revitalizar cerâmica

A Câmara Municipal de Alcobaça apresentou uma candidatura ao Projecto CeRamiCa, no âmbito do Programa de Cooperação Inter-regional INTERREG IV C. A autarquia pretende assim promover, divulgar e revitalizar o sector da cerâmica no concelho, revela em comunicado.

Este projecto é liderado pelo município de Hódmezóvásárhely (Hungria), fazendo parte dele também o município de Alcobaça e outras entidades de países como França, Roménia, Eslovénia, Espanha e Grécia.

O valor total do projecto é de 2.140.600 euros, dos quais 360.760 correspondem às componentes nacionais, sendo atribuída às entidades portuguesas uma comparticipação a 85%. Se o projecto for aprovado terá a duração de 34 meses, com início em Setembro deste ano, e término em Junho de 2011.

Ao município de Alcobaça caberá uma verba de 199.750 euros, valor que deve ser empregue num conjunto de actividades e acções, destacando-se o II Encontro Interregional, que terá lugar em 2010.

No conjunto de acções a desenvolver está ainda prevista a realização de um diagnóstico do sector, a promoçã do turismo industrial associado à cerâmica. Incluem-se ainda acções de benchmarkting e a realização de intercâmbios de experiências e boas práticas.

A decisão final sobre esta candidatura será divulgada em Junho de 2008.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.