Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Revista «O Molde» analisa factores de sucesso da indústria portuguesa de moldes

A próxima edição da revista “O Molde”, que será publicada durante o mês de Janeiro, conta com artigos como «Revisitando os Factores Críticos de Sucesso da Indústria Portuguesa de Moldes», «O Projecto INATEC e os seus objectivos tecnológicos, de agilidade e de inovação» e a «A Dinâmica Europeia do Tooling».

No artigo «A Dinâmica Europeia do Tooling», da autoria de José Ferro Camacho (IED – Instituto de Estudos para o Desenvolvimento), é efectuada a análise da posição do Engineering & Tooling português na dinâmica industrial, em particular na europeia, a partir da exploração dos dados referentes à produção, ao comércio externo, aos preços e à especialização.

Os factores críticos de sucesso da Indústria Portuguesa de Moldes constituem o tema central do artigo escrito por Leonel Costa (Presidente da CEFAMOL) e Fernando Gonçalves (Professor do ISEG/UTL).

Ainda nesta edição são apresentados objectivos, resultados e perspectivas das diferentes entidades que participaram no «Projecto INATEC – Inovação, Agilidade e Tecnologia nos Moldes»

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.