Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Aço e alumínio: China lança futuro rival da Airbus e Boeing

A Baosteel, maior siderurgia chinesa, e a Chinalco, maior produtora de alumínio do país, planeiam participar no consórcio de empresas chinesas que quer produzir aviões para concorrer com a Airbus e a Boeing, informa hoje a imprensa oficial chinesa, citada pela agência Lusa.

As duas empresas juntam-se assim a outras companhias estatais e departamentos governamentais para desenvolver um avião de passageiros com mais de 150 lugares através de uma empresa a nascer antes da reunião anual, em Março, da câmara legislativa chinesa, refere o jornal financeiro oficial Shanghai Securities News.

O conselho de ministros chinês aprovou em Fevereiro de 2007 a criação da nova companhia, que, segundo os analistas, poderá tornar-se no futuro num rival da construtora europeia Airbus e da construtora americana Boeing.

O governo central chinês deverá ser o maior accionista da nova empresa, diz o Shanghai Securities News, com as construtoras estatais de aviões China Aviation Industry I (AVIC I) e AVIC II, as duas maiores do país, a ficar como segundos accionistas.

Diferentes governos locais e provinciais deverão deter participações mais pequenas, adianta o jornal.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.