Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Os caminhos do investimento da União Europeia

A INVEST foi a Bruxelas saber quais são as preocupações e prioridades da União Europeia e descobrir as oportunidades de negócio e investimento. Na edição de Novembro, a revista traça as prioridades da União Europeia (UE), divulgando as áreas prioritárias e respectivos sectores de investimento, os apoios disponíveis para as empresas e quem pode ajudar.

Um trabalho que conta com os importantes contributos de Danuta Hübner, comissária europeia responsável pela Política Regional, Charles White, administrador das Políticas Regionais da UE, Rui Nuno Baleiras, secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Alfredo Marques, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro, e de Nelson de Souza, coordenador do Plano Operacional da Competitividade.

Neste número, a INVEST conta o percurso de Elísio Simões, fundador da Lupabiológica, da Figueira da Foz, que há 30 anos começou como alquimista “caseiro” a fazer loções naturais e hoje é um dos poucos nomes da cosmética capilar em português.

Destaque ainda para os serviços e produtos de valor acrescentado introduzidos nos parques empresariais da Parque-Invest, destinados a auxiliar as empresas para aumentar os seus ganhos de competitividade.

Jorge Reis, presidente da Parque-Invest, em entrevista à INVEST, explica também o que falta para iniciar a construção do futuro Parque Empresarial de Monte Redondo, projecto que conta com a parceria da Nerlei – Associação Empresarial da Região de Leiria e da Câmara local.

A análise às principais alterações ao Orçamento de Estado de 2008, bem como ao futuro da UE depois do chamado Tratado de Lisboa, constituem outros dos temas abordados na INVEST de Novembro.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.