Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

Docente do IPL vence prémio internacional

Luís Lima Santos, docente da Escola Superior de Tecnologia do Mar (ESTM/IPL), em Peniche, arrecadou o primeiro lugar das categorias Académica e Profissional, do Prémio Internacional de Produção Científica Contábil Prof. Dr. António Lopes de Sá, promovido pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais (CRCMG) e pela Fundação Brasileira de Contabilidade, revela o IPL em comunicado.

Em causa está o trabalho desenvolvido pelo docente, sob o tema «A Convergência Contabilística nos Países Lusófonos».

Entregue na VI Convenção Mineira de Contabilidade que teve lugar nos dias 17 a 19 de Outubro, em Belo Horizonte, no Brasil, o Prémio Internacional de Produção Científica Contábil Professor Doutor António Lopes de Sá – cujo tema é «Normalização Contábil: Factor de Transparência e Fidelidade da Informação» – tem como objectivo ligar culturas que se identificam pelo idioma português, têm raízes profundas e estão espalhados por vários continentes.

Por este motivo os participantes são profissionais e estudantes da área da contabilidade do Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

O prémio foi lançado em Novembro de 2006, durante o II Congresso dos Técnicos Oficiais de Contas de Portugal. Trata-se de uma homenagem ao Prof. Dr. António Lopes de Sá, considerado o maior escritor de Contabilidade em língua portuguesa de sempre. Durante mais de 50 anos António Lopes de Sá realizou um trabalho de grande importância nas áreas científica e filosófica, publicando várias obras e pesquisas.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.