Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Catorze empresas portuguesas na maior feira mundial da indústria de plásticos

No pavilhão português da XVII edição da feira internacional K – o maior evento dedicado à indústria de plásticos a nível mundial – vão estar empresas como a DRT Rapid, Frumolde, Iberomoldes, JDD Moldes, Lismolde 2, LN Moldes, Moldegama, Moldoplástico, Moliporex, Plasdan, Ribermolde, Somoltec, Tecmolde e Tecnimoplas, revela a CEFAMOL – Associação Nacional da Indústria de Moldes, entidade que organiza a participação nacional no certame.

A feira tem início amanhã, na cidade de Dusseldorf, na Alemanha e o pavilhão português localiza-se no Hall 1 do Parque de Exposições de Dusseldorf.

A edição deste ano irá contar com mais de 2.900 expositores que procurarão mostrar as mais recentes inovações em todos os segmentos da indústria de plásticos – principal cliente da indústria de moldes nacional. A área de exposição irá ocupar mais de 168.000 metros quadrados, face aos 160.000 da última edição em 2004.

Cerca de 43% da área de exposição será ocupada por empresas alemãs, sendo os restantes 57% ocupados por empresas de 57 países.

«A participação colectiva de empresas nacionais neste evento terá como principal objectivo a identificação de novas oportunidades de negócio e de cooperação para os participantes. O pavilhão nacional será um importante pólo de demonstração da oferta nacional, da sua capacidade produtiva de alto valor acrescentado e da experiência das empresas de moldes portuguesas no mercado internacional», revela o comunicado.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.