Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Bom Sucesso pela quarta vez no Salão Imobiliário de Lisboa

O Bom Sucesso, empreendimento turístico actualmente em construção em Óbidos, marcar presença pela quarta vez consecutiva no Salão Imobiliário de Lisboa (SIL), na 10ª edição que decorre de 24 a 28 de Outubro, na Feira Internacional de Lisboa, revela em comunicado.

A participação no maior certame de imobiliário realizado a nível nacional será feita em stand próprio integrado no Espaço Oeste, com uma área de 243 metros quadrados dedicada aos principais empreendimentos desta região turística em expansão.

O Bom Sucesso regista já uma forte presença também nos mercados internacionais, nomeadamente Inglaterra, Espanha, Irlanda e Dinamarca, que representam cerca de 75% das reservas de compra.

Recentemente o promotor Acordo apostou na Noruega, Holanda e Alemanha onde participa também na “Sunlnvest”, uma das mais importantes feiras de imobiliário de 2ª habitação alemã, que decorre de 19 a 21 do mês de Outubro, em Essen, e ainda, nestas mesmas datas, numa apresentação em Dublin a realizar com a presença dos Arquitectos Madalena Cardoso de Menezes e Francisco Teixeira Bastos.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.