Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Sanusquali vai investir até 50 milhões na Casa da Saúde em Leiria

A Casa da Saúde vai edificar no distrito de Leiria uma das 25 unidades previstas para todo país. O investimento situa-se entre os 40 a 50 milhões de euros, para um total de 1,239 mil milhões que a Sanusquali – empresa criada para o projecto – prevê investir na rede nacional até 2012. Em causa está um montante que supera 11 vezes o maior investimento privado em saúde realizado até hoje em Portugal, revela a empresa em comunicado.

No distrito existem quatro possibilidades de localização – Leiria, Alcobaça, Caldas da Rainha e Pombal – estando a decorrer uma consulta às respectivas câmaras municipais. A decisão final de localização dependente da avaliação que resultar da aplicação de uma grelha onde constam critérios como a densidade populacional, a oferta de saúde existente (pública e privada) e as contrapartidas oferecidas pela câmara consultada, revela ainda o documento.

O projecto prevê a criação de 200 postos de trabalho qualificados a recrutar, essencialmente, no concelho de localização do investimento, para um total de cinco mil postos de trabalho líquidos a criar em toda a rede nacional.

“Loja do cidadão da saúde” concentra diversificado leque de serviços

O conceito da Casa da Saúde assenta numa definição de “loja do cidadão da saúde”, concentrando no mesmo espaço uma diversidade de prestadores de cuidados de saúde (com excepção da cirurgia com internamento) e das actividades que apoiam a actividade médica.

A Casa da Saúde permite aos cidadãos beneficiar de consultas, realizar exames ou concretizar prescrições, no mesmo local e num curto período de tempo. Enquanto o utente espera pelo resultado de um exame, ou o encaminhamento para uma consulta, pode usufruir de espaços de apoio especializados como a loja de produtos naturais, óptica, loja de próteses auditivas, de aparelhos ortopédicos e loja sénior.

A oferta comercial engloba ainda restaurante, café, papelaria/livraria, banco, seguradora, cabeleireiro, lavandaria, florista, health club, SPA/estética e OTL/parque de diversões.

Estima-se que cada Casa da Saúde tenha uma afluência entre as duas 2 mil pessoas/dia para as unidades mais pequenas e 4 mil/dia para as maiores.

Acesso universal

As unidades Casa da Saúde têm como pressuposto essencial o carácter universal de acesso. Todos os cidadãos terão direito a usufruir das suas comodidades, quer sejam utentes do Serviço Nacional de Saúde, disponham de um seguro de saúde, ou acedam através de uma situação particular.

Cada Casa da Saúde terá serviços médicos essenciais com0 a USF – Unidade de Saúde Familiar/Centro de Saúde; Policlínica; Centro de Genética; Clínica da Criança; Clínica da Mulher; Clínica do Coração; Clínica de Gastro; Clínica Oftalmológica; Clínica Ortopédica; Clínica Dermatológica; Clínica de Otorrino.

Conta ainda com Clínica de Medicina Física e Reabilitação; Clínica Cirúrgica; Clínica Dentária; Clínica da Dor; Bloco Operatório; Laboratório de Análises Clínicas; Laboratório de Oftalmologia; Oficina de Alergia; Centro de Imagiologia; Empresa de Higiene e Medicina do Trabalho; Centro de Enfermagem; Empresa de Apoio Domiciliário.

Todas as unidades terão também Residencial Sénior e algumas Laboratório de Medicina Nuclear e Centro de Radioterapia.

Serão ainda criados balcões de atendimento/informação, quiosques interactivos de informação, espaços para fornecedores de serviços, salas de reunião/auditório com sistema de videoconferência, rede de comunicação de voz e dados (interna e externa, WiFi), circuito interno de difusão de vídeo/som, para além do referido, data center.

Cooperação com unidades de ensino e investigação

A Casa da Saúde prevê desenvolver protocolos de cooperação com hospitais-universidade, politécnicos e institutos de investigação em Portugal e no estrangeiro para a realização de seminários on-line ou mesmo para acompanhamento de eventos à distância (como intervenções cirúrgicas).

O projecto Casa da Saúde encontra-se já registado no “Green Guide for Health Care”, o primeiro guia de “edifícios verdes” e uma nova ferramenta na construção e gestão de equipamentos de saúde. Será ainda candidato à certificação ambiental tipo EMAS (Environmental Management and Audit Scheme) ou ISO 14000.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.