Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Crisform divulga propostas de peças para nova colecção da Mglass

Vão ser divulgadas na próxima segunda-feira, na Marinha Grande, propostas de peças para uma nova colecção da Mglass. A apresentação decorre durante uma cerimónia nas instalações do Crisform – Centro de Formação Profissional para o Sector da Cristalaria e está agendada para as 15 horas, revela a edição de hoje do Região de Leiria.

Trata-se de um trabalho desenvolvido nos últimos meses com a colaboração de designers seniores com experiência na indústria vidreira. As propostas serão disponibilizadas às empresas através da AIC – Associação dos Industriais da Cristalaria com o objectivo de “dar continuidade à afirmação da Marinha Grande como região de excelência do vidro”, salientou ao semanário Sónia Durães, do Crisform.

Pretende-se ainda «manter viva a marca Mglass», agora que a Vitrocristal é passado, explicou o presidente da AIC, Carlos Martins. Para o projecto avançar nestes termos, é necessário que a CRC – Comissão Regional de Cristalaria, detentora do selo Mglass, aceite ceder à AIC os direitos de exploração comercial, explica o Região de Leiria.

Durante a cerimónia no Crisform será também apresentado um outro conjunto de artigos que ficaram de fora do novo projecto Mglass e estão disponíveis para negociação directa entre os autores e a indústria.

LE com Região de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.