Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Obras públicas em Portugal vivem crise histórica

O índice das novas encomendas de obras públicas, que antecipa a evolução futura do sector, atingiu no final do segundo trimestre o valor mais baixo dos últimos sete anos e meio. Em termos homólogos, a redução foi superior a 23%, a maior desde o início de 2002. O recúo é ainda mais notório no sub-sector das obras de engenharia (-45,5%), seguido da construção de edifícios, onde a quebra anual foi de 13%, revela a edição de hoje do Diário Económico.

«Ciente das dificuldades orçamentais do Estado e dos constrangimentos burocráticos que têm contribuído para o longo ciclo de recessão/estagnação do investimento, o primeiro-ministro, José Sócrates, está agora a tentar convencer os grandes empresários do sector a desenharem uma estratégia que tenha efeitos positivos na criação de riqueza já em 2008 e 2009», revela ainda o diário.

LE com Diário Económico

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.