Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Ota: Leiria, Cartaxo e Santarém pedem explicações a Lino

Autarcas das áreas próximas da Ota vão hoje pedir explicações ao ministro das Obras Públicas sobre a decisão governamental de estudar a hipótese Alcochete para construção do novo aeroporto, segundo a Associação de Municípios do Oeste. O encontro tem como objectivo manifestar ao ministro das Obras Públicas a preocupação dos autarcas da zona da Ota pelo que tem sido considerado um recuo do governo na questão do novo aeroporto.

Defensores da construção do novo aeroporto de Lisboa na Ota, responsáveis da Associação de Municípios do Oeste e autarcas de Leiria, Santarém e Cartaxo «estão preocupados com este recuo e querem ouvir directamente do ministro quais as suas explicações», afirmou segunda-feira à Lusa Carlos Lourenço, presidente da Associação, relembrando que «o responsável das Obras Públicas ainda há um mês veio ao Oeste afirmar que o aeroporto de Lisboa vai ser construído na Ota».

O encontro acontece um dia depois de Mário Lino ter anunciado no Parlamento que o governo mandou efectuar estudos comparativos entre a Ota e Alcochete.

Mário Lino, que falava durante o colóquio sobre a construção do novo aeroporto de Lisboa, disse que mandatou o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) para estudar a viabilidade de construir o aeroporto em Alcochete.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.