Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Grupo Lena participa em encontro Luso-brasileiro de Negócios em Biocombustíveis

O Grupo Lena é uma das presenças portuguesas no primeiro encontro Luso-brasileiro de Negócios em Biocombustíveis que tem início hoje, e dedorre durante quatro dias, no Estado do Paraná. O programa inclui a realização de mesas-redondas subordinadas aos negócios da produção de álcool e de biodiesel, e visitas a instalações portuárias (Paranaguá), à unidade de produção de biocombustível TECPAR, à hidroeléctrica de Itaipu, entre outros.

No encontro estarão ainda presentes a Somague, EDP – Energias de Portugal, Federação Portuguesa de Produtores Florestais, Fundo Português de Carbono e Abreu Advogados. Do Brasil participam representantes de empresas do sector energético, como a Energias do Brasil, General Electric, Petrobras, Companhia Energética do Paraná (COPEL) e a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP).

Matriz energética brasileira é uma das mais limpas do mundo

Actualmente, a matriz energética brasileira é uma das mais limpas do mundo, com cerca de 36% de origem renovável, bem acima da média mundial de 13,5%, segundo dados da Agência Internacional de Energia.

O Paraná é um dos estados brasileiros mais voltados para a produção agrícola, sendo o segundo maior produtor de álcool combustível a partir da cana-de-açúcar, com cerca de três dezenas de fábricas.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.