Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Investigadores britânicos criam sangue artificial a partir do plástico

Cientistas britânicos da Universidade de Sheffield desenvolveram sangue artificial a partir do plástico. Afirmam ser leve, fácil de transportar e não necessitar de refrigeração, o que será útil em zonas de conflitos ou guerras. O novo sangue é feito com moléculas de plástico que têm um átomo de ferro no centro, que pode transportar oxigénio pelo corpo, de acordo com afirmações dos cientistas no site da cadeia britânica BBC, revela o Ciência Hoje.

Defendem ainda que a sua produção pode ser barata, estando os investigadores a tentar conseguir mais verbas para desenvolver um protótipo final que seria adequado para testes biológicos.

Uma amostra deste sangue artificial será exibida no próximo dia 22 de Maio, no Museu da Ciência, em Londres, integrada numa exposição sobre a história do plástico. «Estamos bastante animados com o potencial deste produto e com o facto de que poderá vir a salvar vidas», afirmou Lance Twyman, do Departamento de Química da Universidade de Sheffield, citado pela BBC.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.