Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Grupo Vangest desenvolve tecnologia 3D no Centro de Ciência Viva do Alviela

O Grupo Vangest, através da sua associada Nextvision, implementou um sistema de projecção estereoscópica, em três dimensões, no novo Carsoescópio – Centro de Ciência Viva das Nascentes do Alviela, em Alcanena, revela a empresa em comunicado.

O projecto surgiu no âmbito de um concurso promovido pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria (ESTG), do qual a Nextvision saiu vencedora e consiste na apresentação de uma simulação 3D do percurso hidrológico da bacia do Alviela, durante o ano hidrológico.

«Estereofonia visual»

A visão estereoscópica resulta da visão humana captar, face à localização dos olhos no rosto, imagens ligeiramente diferentes. O cérebro funde essas duas imagens e obtém informações de profundidade, distância, posição e tamanho dos objectos presentes na cena, gerando a sensação de visão 3D.

Para este espaço de simulação 3D foram instalados dois projectores e uma workstation de alta performance, uma tela de projecção com revestimento em prata preparada para estereoscopia, um sistema de áudio 5.1 com certificação DTS e THX, filtros polarizadores lineares em cristal laminado e cem pares de óculos polarizados lineares passivos, material cedido pela Nextvision, que tem contribuído para equipar o Carsoescópio.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.