Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Programa Polis gastou 800 milhões de euros em 40 projectos

Nove projectos do programa Polis vão estar concluídos até ao fim deste ano e as restantes 19 intervenções deverão estar terminadas até 2010, disse ontem à agência Lusa o coordenador do programa de reconversão urbanística, João Pinto Leite.

Os projectos que deverão ficar prontos este ano são os de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Covilhã, Guarda, Leiria (a inaugurar em breve), Chaves, Silves e Elvas.

No total, foram criados 40 projectos Polis no país, orçados em 1,2 mil milhões de euros, tendo já sido gastos 800 milhões de euros, o que representa uma taxa de execução de 65%.

Orçamento revisto em baixa

Destas 40 obras, 12 ficaram prontas no ano passado, 12 deverão ficar concluídas no próximo ano, seis em 2009 e uma em 2010 (o da Costa de Caparica).

João Pinto Leite disse à Lusa que o programa Polis previa inicialmente um investimento de 1,350 mil milhões de euros, valor revisto em baixa para os 1,2 mil milhões devido à não obtenção de alguns financiamentos.

A conclusão do Polis da Marinha Grande está prevista para 2009.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.