Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Plano Estratégico do Turismo é preconceituoso em relação a Fátima

O Plano Estratégico Nacional de Turismo (PENT) tem «rejeição e aparente preconceito relativamente ao turismo religioso e à subalternização de Fátima e da região envolvente nas estratégias nacionais de Turismo» – acusou Graça Poças Santos, no 4.º Congresso da ADLEI.

A professora e investigadora do Instituto Politécnico de Leiria sustentou esta acusação no facto de o PENT «não atribuir qualquer relevância ao turismo da região» e «aos cerca de 5 milhões de pessoas que, todos os anos, visitam Fátima».

Francisco Vieira, presidente da Sociedade de Reabilitação Urbana de Fátima e ex-presidente da Região de Turismo de Leiria-Fátima, criticou o desprezo dirigido à região de turismo de Fátima quando «não se reconhece o turismo religioso como turismo estratégico fundamental para o desenvolvimento turístico da região».

Na última sessão sobre o tema “Competitividade Territorial” foram debatidas soluções para tornar a Região de Leiria/Fátima mais acessível e atractiva para o público nacional e internacional.

«É importante conseguir atrair as pessoas para a Região de Turismo de Leiria-Fátima, mas para isso é necessário melhorar e promover as infra-estruturas», atesta Miguel Sousinha, presidente da Região de Turismo Leiria-Fátima.

LE com comunicado da ADLEI

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.