Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Leiria é um «nicho de oportunidades»

«Há um nicho de oportunidades em Leiria que permitem a sua afirmação que, por exemplo Coimbra não soube aproveitar», defendeu David Justino no 4.º Congresso da ADLEI. Esta convicção acaba por comprovar que «a região de Leiria é heterogénea, multifacetada e polinuclear», remata o assessor do Presidente da República.

Na sua apresentação, David Justino apontou Leiria como um dos distritos do país que mais se tem desenvolvido, aproveitando as suas actividades ligadas aos moldes e ao turismo, por exemplo, mas no futuro «a região de Leiria tem de encontrar a combinação mais ajustada entre os seus factores produtivos, de modo a ganhar liderança e força para avançar de forma mais eficaz», conclui o assessor do Presidente da República.

Segundo o assessor da Presidência da República “não há competências sem conhecimento”. Cabe, por isso, ao IPL enquanto centro de investigação e conhecimento, ajudar a minorar os problemas e envolver mais as regiões circundantes, valorizando-as, uma vez que Leiria surge como “uma nova geografia” e por isso há a necessidade de uma maior coesão e parceria entre todas as entidades da região.

LE com comunicado da ADLEI

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.