Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

IPL enquanto motor de aproximação de comunidades

“O Instituto Politécnico de Leiria é quem tem o poder de persuasão para a formação de pessoas e investigação sobre a cidade de Leiria”, afirmou Jorge Carvalho Arroteia, Professor Catedrático da Universidade de Aveiro, no 4.º Congresso da ADLEI. A área de influência do IPL é abrangente, o que permite criar um conjunto de relações entre alunos, empresas e a própria comunidade.

Na secção Sociedade, Cultura e Inovação do 4º Congresso da ADLEI foi posto em cima da mesa o papel das instituições culturais e dos centros de investigação criados pelo IPL, que ajudam na construção de projectos viáveis para a região.

José Brites Ferreira, professor coordenador na Escola Superior de Educação de Leiria, chamou a atenção para os dados estatísticos sobre o insucesso escolar em Portugal e aponta o IPL como a entidade competente na região para criar uma sociedade de conhecimento aberta a novos desafios.

No âmbito dos projectos desenvolvidos pelo IPL, algumas entidades locais têm feito parcerias com os centros de investigação e têm contribuído para a construção de património leiriense.

O estudo sobre os sistemas de informação geográfica da região desenvolvido por João Pedro Silva, professor adjunto na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria, e o projecto sobre o pacto regional de Raquel Santos, investigadora na Universidade de Aveiro, são exemplos de algumas destas parcerias.

LE com comunicado da ADLEI

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.