Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Tribunal de Contas aponta salários acima da Lei na Leirisport

O Tribunal de Contas (TC) concluiu que houve vencimentos base e/ou despesas de representação a membros do Conselho de Administração (CA) da Leirisport que “excederam os valores fixados” por lei, revela a edição de hoje do Diário de Leiria.

A conclusão faz parte de um relatório com base numa auditoria aos vencimentos e remunerações acessórias dos titulares do órgão de gestão de empresas municipais (EM) nos anos de 2003/2004, afectando 31 EM, inclusive a gestora do Estádio e Piscinas Municipais de Leiria, a Leirisport, adianta o diário.

O pagamento de vencimentos base e/ou despesas de representação excederam os valores fixados em resolução de Conselho de Ministros, o que leva o TC a recomendar à Câmara Municipal de Leiria que, “nos âmbito dos seus poderes de superintendência (…), sejam integralmente respeitados os limites remuneratórios legalmente impostos pela legislação vigente”.

Instada a comentar o relatório do TC, a empresa municipal Leirisport referiu ao Diário de Leiria que “não tem comentários a fazer, limitando-se a remeter para os esclarecimentos que prestou no âmbito da referida Auditoria”.

LE com Diário de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.