Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Empresários de Leiria e espanhóis interessados em comprar a Dâmaso

Alguns empresários da região de Leiria e um grupo espanhol estão interessados em comprar a empresa vidreira Dâmaso, que encerrou em Agosto do ano passado, mas as negociações encontram-se numa fase embrionária, avança a edição de hoje do Diário de Leiria.

José Cecílio, gestor judicial, que tem conduzido as negociações, revelou ao DdL que nos últimos tempos têm surgido alguns empresários interessados em comprar a unidade fabril, embora tenham acabado por não apresentar propostas concretas para solucionar o problema. Esta semana José Cecílio tem agendada uma reunião de trabalho com um empresário espanhol, que demonstrou interesse em comprar a unidade fabril.

O valor definido pelos três principais credores da empresa – Instituto Apoio Pequenas e Empresas e ao Investimento (IAPMEI), a Segurança Social e o Millennium BCP, que detém mais de dois terços dos activos -, é, segundo o gestor judicial, ajustado à realidade, para que a empresa possa retomar a actividade.

A intenção dos credores é que a unidade fabril seja vendida em bruto ou, em alternativa, os activos serão vendidos separadamente, uma solução que, segundo José Cecílio, poderá hipotecar a viabilidade da Dâmaso.

LE com Diário de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.