Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Caldas vai ter Pólo Tecnológico Virtual, na Expoeste

O Secretário de Estado da Administração Local, Eduardo Cabrita, vai estar hoje, sexta-feira, às 17h30, na Expoeste para a assinatura do contrato-programa para a criação do Pólo Tecnológico Virtual (PTV) das Caldas da Rainha, revela o Oeste Online.

O PTV vai consistir num portal de competitividade, no qual irão trabalhar vários técnicos, em colaboração com a AIRO, para a elaboração do projecto do futuro Centro de Inovação, Competitividade e Serviços do Parque Empresarial das Caldas da Rainha (a actual zona industrial).

Este centro de serviços vai integrar uma incubadora de empresas, que terá um serviço de prototipagem de novos produtos, uma vertente de design (ligada, sobretudo, ao sector da cerâmica) e outra relacionada com as ciências biomédicas, na área da biotecnologia.

«Vamos requalificar a zona industrial e criar este centro de negócios e de I&D, onde podemos juntar a AIRO, o Gabinete de Apoio ao Empresário e uma zona de serviços», explica o vereador Hugo Oliveira, citado pelo Oeste Online.

Para o PVT a Câmara apresentou uma candidatura, cujo investimento ascende a 200 mil euros, e que será suportado em 62 mil euros pelo Estado. A verba destina-se à criação do portal, contratação de técnicos e realização de obras na Expoeste.

LE com Oeste Online

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.