Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Região Centro tem 1,7 mil milhões de euros para projectos locais

O Plano Operacional do Centro reserva 1,7 mil milhões de euros para projectos na Região, revelou a semana passada o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento (CCDRC), numa reunião com os autarcas locais.

O presidente da CCDRC, Alfredo Marques, disse à agência Lusa que o Programa de Valorização do Território apresentou uma lista de grandes projectos à Comissão Europeia, onde se incluem três na Região Centro: IC-6 (Coimbra-Covilhã), IC-9 (Nazaré-Ponte de Sôr) e IP-2 (Guarda-Bragança).

Para além destes, foram assumidos como indispensáveis para a região a concretização do IC-3, entre Tomar e Souselas (Coimbra), do IC-31, entre Castelo Branco-Monfortin ho, do IC-36, entre Marinha Grande-Leiria e a reformulação do IP-3, entre Coimbra-Viseu.

«A questão que se coloca é saber o enquadramento financeiro e se alguns destes projectos podem vir para o Plano Operacional do Centro. Vamos ter de hierarquizar e estabelecer prioridades, uma vez que é difícil acolher projectos de grande dimensão, quando os recursos no Plano Operacional do Centro são limitados», explicou o presidente da CCDRC.

Constituir associações de municípios para gerir o Plano

Sobre o modelo gestão do Plano, Alfredo Marques defende a constituição de associações de municípios dentro dos 12 Núcleos de Unidade Territorial III que compõem a Região, para a contratualização de fundos comunitários e permitir a participação de autarcas no modelo de gestão.

O Plano Operacional do Centro distribuiu-se por cinco eixos estratégicos: Competitividade, Inovação e Conhecimento, Desenvolvimento das Cidades e Siste mas Urbanos, Consolidação e Qualificação dos espaços sub-regionais, Protecção e Valorização Ambiental e Governação e Capitação Institucional.

Este programa insere-se no Quadro de Referência Estratégico Nacional qu e prevê a aplicação de 21,5 mil milhões de euros dos fundos da União Europeia em todo o País, entre 2007 e 2013.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.