Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

FDO investe 34,6 milhões de euros em novo centro comercial nas Caldas da Rainha

O edifício da Casa do Benfica, nas Caldas da Rainha, dará lugar ao Fórum Theatrum Caldas, depois de concluídas as obras que a FDO tem em curso, e que se irão prolongar durante 18 meses, revela o Oeste online. O novo centro comercial, cuja inauguração está prevista para a Primavera de 2008, representa um investimento que ronda os 34,6 milhões de euros, e dará origem a cerca de mil postos de trabalho.

Segundo uma nota de imprensa da FDO, a empresa construtora, o novo espaço comercial insere-se numa estratégia mais vasta do grupo, que inclui a construção de mais sete estabelecimentos do género em várias cidades do país.

O centro comercial terá cerca de 70 lojas, entre as quais um supermercado de grande dimensão, cinco salas de cinema e 18 restaurantes, tudo distribuído por quatro pisos comerciais. O espaço será servido por um parque de estacionamento coberto com 460 lugares e terá uma área bruta locável de 14.200 metros quadrados.

FDO reabilita Hotel Lisbonense

A reabilitação do edifício do Hotel Lisbonense está também a cargo da FDO Imobiliária, que ali fará um hotel de três estrelas, com 70 quartos.

O grupo FDO, sedeado em Braga, é composto por mais de duas dezenas de empresas que actuam em áreas como a construção civil e obras públicas, promoção imobiliária, serviços e centros comerciais e parques de estacionamento

LE com Oeste Online

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.