Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Abertas inscrições para visita empresarial ao Panamá

Ainda se encontram a decorrer as inscrições para a visita empresarial ao Panamá, que irá decorrer entre 3 e 8 de Março. Segundo o Diário Económico, mais de duas dezenas de empresários portugueses ligados a diversos sectores de actividade estão interessados em investir no Panamá.

Os sectores de actividade em que se abrem oportunidades de investimento às empresas portuguesas são a construção, turismo e hotelaria, energias renováveis, indústria de mobiliário, pedras ornamentais, tecnologias e sector portuário, entre outros. A viagem deverá ser chefiada pelo ministro das Obras Públicas e pelo secretário de Estado do Turismo, respectivamente, Mário Lino e Bernardo Trindade.

«Portugal está no topo da lista em engenharia civil e para nós é importante que países e empresas com esta experiência possam participar na empreitada de ampliação do Canal do Panamá. As empresas portuguesas têm participado em obras de grande dimensão a nível internacional e o Panamá pretende suscitar uma ampla concorrência nos concursos para esta empreitada», revelou ao Diário Económico, Minerva Lara Batista, embaixadora do Panamá em Portugal.

Para este ano, está previsto o lançamento de 12 concursos, entre eles a construção de uma ilha artificial e porto, à saída do canal do Panamá para o Pacífico, que deverá orçar em cerca de 600 milhões de dólares e que deverá estar concluído antes de 2014.

A embaixadora do Panamá garante que «a resposta dos empresários portugueses às hipóteses de investimento tem sido muito positiva» e garante que as oportunidades se estendem aos sectores das energias renováveis, sector portuário e marítimo, tecnologia e serviços financeiros.

LE com Diário Económico

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.