Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

O Oeste vai ser «um grande destino turístico»

O Ministro da Economia, Manuel Pinho, acredita que «a região Oeste vai emergir nos próximos cinco anos como um grande destino turístico», revela e edição de hoje do Oeste Online, citando o semanário Expresso. Para o ministro da Economia, Portugal deve especializar-se como destino de golfe nas preferências dos europeus. «Não há outro país na Europa onde se possa jogar golfe 11 meses por ano», afirmou.

Estas declarações foram publicadas na edição de 6 de Janeiro do semanário “Expresso”, no âmbito de uma reportagem sobre o investimento que irá ser feito pelo Turismo de Portugal e pelo sector público e privado no plano de golfe para o triénio entre 2007 e 2009. Vão ser investidos cerca de 25 milhões de euros em eventos relacionados com este desporto e em 2008 poderá mesmo realizar-se um destes torneios no Oeste, nomeadamente o Lady’s Open.

Segundo o mesmo semanário, o golfe é um trunfo que o governo vai jogar para cumprir as ambiciosas metas turísticas fixadas para os próximos anos. O jornal refere que, embora a economia portuguesa não tivesse sido brilhante em 2006, o turismo evidenciou resultados florescentes, com receitas que irão ultrapassar os sete mil milhões de euros, segundo valores ainda não consolidados. «O golfe é uma das apostas estratégicas do turismo, uma área que felizmente está a correr muito bem», salientou Manuel Pinho.

Apesar dos maiores investimentos ao nível dos torneios estarem previstos para o Algarve, Manuel Pinho recordou que o golfe em Portugal não se resume àquela região e deu destaque ao crescimento que o Oeste tem vindo a ter nesta área.

LE com Oeste Online

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.