Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Cerâmica A. Santos vai encerrar

Os cerca de 140 trabalhadores da cerâmica A.Santos, das Caldas da Rainha, estão desde segunda-feira sem trabalho após terem sido informados pela administração de que a empresa não tinha condições para continuar a laborar, fonte sindica, revela a edição de hoje do Diário de Leiria, citando a agência Lusa.

O dirigente do Sindicato dos Cerâmicos do Distrito de Leiria, Jorge Cascão, afirmou à agência Lusa que «os trabalhadores souberam segunda-feira durante uma reunião com a administração que a empresa ia tratar da suspensão dos seus contratos de trabalho e deixar de laborar».

A empresa, cuja produção já esteve parada na terça-feira, fabricava cerâmica utilitária e decorativa e estava instalada há cerca de 30 anos nas Caldas da Rainha.

Segundo o sindicalista, a A.Santos exportava 90% da produção, nomeadamente para a Alemanha, Estados Unidos e Reino Unido.

«A empresa alegou que ficou sem fundo de maneio para continuar porque um cliente não lhe pagou uma entrega alegando que esta não cumpriu os prazos de entrega», acrescentou Jorge Cascão.

Segundo a mesma fonte, a empresa cerâmica pediu a insolvência em Tribunal no início de Janeiro.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.