Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Ventonorte avança propostas para 2ª fase das eólicas

Ventonorte, consórcio composto pela italiana Enel e pela espanhola Unión Fenosa, que se candidatou na primeira fase do concurso eólico e propôs a construção de um parque eólico em Leiria, vai agora concorrer à Fase B de atribuição de até 400 megawatts (MW), revela o Dinheiro Digital citando a agência Lusa.

Novas Energias Ibéricas e Ventiveste, acompanham o consorcio Ventonorte nas candidaturas a esta segunda fase, que tem por objectivo seleccionar a melhor proposta para a atribuição de um lote de potência até 400 MW, podendo ter mais 100 MW e 20 por cento de sobre-equipamento, se o júri considerar que a proposta apresenta mérito excepcional.

O ministro da Economia e da Inovação, Manuel Pinho, afirmou, na semana passada, que gostaria de ver o lote de potência desta segunda fase do concurso atribuído ainda no primeiro trimestre de 2007, embora tenha admitido que o prazo derrape, dada a complexidade deste tipo de processo de escolha de um vencedor.

O concorrente vencedor terá de aceitar os pontos de recepção que não tenham sido atribuídos na Fase A. O Governo prevê que o investimento em energia eólica, até 2010, ascenda a 3,8 mil milhões de euros.

O Diário Económica revela ainda que a Ventonorte quer investir 50 milhões de euros e criar cerca de 730 postos de trabalho directos e indirectos. Estimativas que constam da proposta apresentada pelo consórcio liderado pela italiana Enel e a espanhola Unión Fenosa para a fase B do concurso de atribuição de potência eólica.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.