Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Sector do Turismo deve representar 15% do PIB em 2015

O secretário de Estado do Turismo anunciou, quarta-feira, que o novo plano estratégico nacional vai permitir que o sector represente 15 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) e do emprego nacional em 2015, revela a agência Lusa.

Bernardo Trindade afirmou, no encerramento do congresso da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que o plano vai garantir uma intervenção articulada entre áreas como o planeamento, desenvolvimento da oferta, qualificação dos recursos, enquadramento legal e de incentivos, promoção e formação turística.

Alegando a importância dos mercados tradicionais de Portugal, o secretário de Estado anunciou, ainda, a criação do posto de delegado do Turismo nas delegações do ICEP, numa primeira fase, nos mercados prioritários.

“Garantiremos, nestas posições, pessoas com capacidade, conhecimentos e, sobretudo, profunda dedicação ao Turismo português”, assegurou.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.