Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Boas perspectivas para o turismo no Oeste

A abertura de um segundo hotel de cinco estrelas no empreendimento Campo Real (Torres Vedras) vai marcar a região no próximo ano em termos turísticos, como ficou espelhado durante a 17ª Convenção Anual da Região de Turismo do Oeste (RTO), que se realizou na Quinta do Castro, em Pragança (Cadaval), no passado dia 11, revela o Oeste Online.

Presente no final do encontro, o secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, salientou que este ano de 2007 é «um ano de viragem para o turismo português». «Até Setembro as receitas turísticas representaram cumulativamente 5,3 mil milhões de euros, o que nos leva a prever que podemos atingir no final do ano a cifra dos 7 mil milhões de euros de contributo do turismo para as exportações e para a riqueza nacional», referiu.

Na sua opinião, os bons resultados acontecem por causa de uma boa conjuntura internacional, o crescimento na utilização das companhias aéreas com tarifas «low-cost» e o trabalho efectuado pelas entidades que fazem a promoção turística.

O governo prevê que em 2015 o turismo represente 15% do Produto Interno Bruto e 15% do número de empregos em Portugal

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.