Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Primeira loja do distrito a obter etiqueta de qualidade

A loja de mobiliário e artigos de decoração Teresa João Interiores está entre as primeiras dez lojas de mobiliário e decoração a obter a etiqueta de qualidade atribuída pela APCM – Associação Portuguesa de Comércio de Mobiliário, revela a edição do Oeste Online. É a única do distrito de Leiria que detém esta etiqueta, revela a edição de hoje do Oeste Online.

«A etiqueta de qualidade é uma mais valia importante para o cliente em termos de serviço e para a Teresa João Interiores é um orgulho ser a primeira loja do distrito a obter a certificação. É indiscutível que cada vez mais o consumidor procura a qualidade, principalmente no serviço pós-venda», referiu ao Oeste Online José Alberto Pescada, responsável da loja.

«Esta iniciativa pretende assegurar ao consumidor final de que os produtos e serviços fornecidos pelas lojas certificadas são de reconhecida qualidade. Qualidade que se pode ver nos pequenos detalhes, por exemplo na existência de um decorador ao serviço da loja ou de um serviço de entregas ao domicílio devidamente identificado», referiu Isabel Costa Pereira, da APCM.

LE com Oeste Online

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.