Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

O Oeste deve estar para o país como Vilamoura para o Algarve

A região Oeste, face à sua localização, ao seu equilíbrio sustentado e ao clima existente, tem condições para se tornar uma região de turismo de excelência, defende Augusto Mateus, economista e presidente da consultora com o mesmo nome que está a elaborar o Plano Estratégico do Oeste, revela a edição de hoje do Oeste Online.

O também antigo ministro da Economia sustenta que a região deve crescer sabendo manter a sua ruralidade. Uma forma de marcar a diferença pode ser a execução de um plano de sinalética de excelência que distinga o Oeste do resto do país.

Há também que saber crescer de forma sustentada e travar eventuais desmandos urbanísticos como aconteceu no Algarve. Augusto Mateus defende ainda que se deve apostar na requalificação dos centros urbanos e no tratamento dos espaços verdes existentes.

A Associação de Municípios do Oeste encomendou à empresa Augusto Mateus Lda, a elaboração do Plano Estratégico e o Plano de Acção para a região Oeste. Augusto Mateus apresentou, neste jantar, as linhas gerais daquilo que deverá ser um plano estratégico para o Oeste. Os elementos da sua empresa já estão no terreno a trabalhar nos documentos que estão a ser elaborados. «O turismo terá uma componente fortíssima para o plano estratégico para o desenvolvimento regional», afirmou António Carneiro.

O ex-ministro da Economia foi convidado pela Região de Turismo do Oeste para ser ouvido num jantar-conferência que teve lugar no passado dia 25 de Setembro, em Torres Vedras.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.