Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Massimo Dutti e Berska em Leiria

As duas lojas do edifício Garage, cujo projecto de remodelação foi aprovado quinta-feira em reunião de câmara, vão ser ocupadas pelas marcas de roupa Berska (683 metros quadrados) e Massimo Dutti (726 metros quadrados), do grupo espanhol Inditex, revela a edição de ontem do Jornal de Leiria.

A informação foi confirmada àquele semanário por Pedro Faria, cuja família é promotora da intervenção no imóvel, um investimento na ordem dos 3,5 milhões de euros.

O projecto de recuperação contempla, para além das duas lojas, quatro apartamentos (T2, T3, T4 e T5), com áreas entre os 182 e os 404 metros quadrados. No piso subterrâneo serão criados oito lugares de estacionamento para servir os residentes do prédio, quatro arrecadações e um espaço para cargas e descargas, e a fachada do prédio será mantida.

O edifício Garage situa-se entre o edifício do Paço Episcopal e o da rodoviária.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.