Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Gescartão de saída da Bolsa

Em vésperas de entrada em bolsa da muito desejada Galp Energia, continua o panorama de saída de empresas da Euronext Lisbon. Modelo Continente e Gescartão (com uma unidade de produção em Leiria), serão os próximos negócios, devendo resultar na deslistagem das empresas, revela a edição de hoje do Diário Económico.

Na sexta-feira, a Europac anunciou estar a estudar o lançamento de uma OPA sobre as acções da Gescartão que ainda não detém. A negociação dos títulos desta foi suspensa na quarta-feira, manteve-se na quinta e foi levantada apenas na sexta. Há algum tempo que o mercado especulava acerca do lançamento da OPA, mas o comunicado da Europac limitou-se a admitir o estudo da operação, sem avançar detalhes, adianta o DE.

A Europac tem mais de 85% da Gescartão, devendo investir, no mínimo, perto de 23 milhões de euros na aquisição dos títulos que não detém. Este valor tem como base os 16,74 euros por acção, a média dos últimos seis meses, que será o valor mínimo a desembolsar em caso de lançamento de OPA.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.