Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Eleições na Associação de Cristalaria adiadas

O escrutínio que deveria ter levado ontem à eleição da presidência da Associação dos Industriais de Cristalaria (AIC), com sede na Marinha Grande, foi adiado, revelou ao Diário de Leiria Avelino Sousa Lopes, presidente da Assembleia Geral daquela associação. «Não houve eleições porque a única lista apresentada continha uma série de irregularidades que pedi aos promotores que regularizassem mas que ainda não foi possível», justificou, revela a edição de hoje do Diário de Leiria.

«A lista, como está, não é susceptível de ser presente a votação», referiu ainda Avelino Sousa Lopes, adiantando que, entre as «irregularidades», está o facto de «alguns dos nomes da lista não serem sócios da AIC».

Em declarações ao Leiria Económica, José Maria Ferreira, presidente da Tosel, afirmou que o actual presidente da Assembleia Geral, Avelino Sousa Lopes, «levantou condicionalismos que não se entendem, e que não quis colocar à votação dos presentes», explicou o empresário que encara o sucedido como «uma acção de bloqueio da Crisal e da Atlantis», que juntas têm 70% dos votos.

«Os assuntos pendentes tinham a ver com os presentes, que se disponibilizaram para os resolver no imediato. Este adiamento não é compreensível. Não percebo porque é que umas vezes se cumprem os estatutos e outras não», adiantou.

Reunidos em Assembleia Geral ontem a meio da tarde, associados da Associação dos Industriais de Cristalaria definiram o dia 20 de Novembro como nova data das eleições.

LE com Diário de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.