Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Veigas & Veigas quer uma loja na Marinha Grande e 10 em Espanha

A imobiliária portuguesa Veigas & Veigas pretende inaugurar dez postos de venda em Espanha até ao final de 2007, e tem previsto inaugurar a curto prazo lojas na Marinha Grande, Sines e na Avenida de Roma, em Lisboa, segundo refere o Jornal de Negócios.

O projecto de expansão, que implicou um investimento de 900 mil euros, espera retorno no prazo de cinco anos, sendo que um dos grandes objectivos da empresa passa por alcançar as 1.150 lojas em toda a Península Ibérica.

A imobiliária apostou em regime de «franchising» em 2004 e, segundo o responsável da empresa em Espanha, Carlos Lopes, até ao final do mês, «a concretização dos três primeiros contratos de ´franchising´» deverá implicar «um direito de entrada de 50 mil euros e ´royalties´ de 6%».

Actualmente a Veigas & Veigas conta com mais de 200 colaboradores em 43 lojas em Portugal, e uma em Espanha.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.